Notícias

Família e dependência química: errar, errar de novo, errar melhor

Família e dependência química: errar, errar de novo, errar melhor

8 minutos A família é fundamental para o sucesso do tratamento da dependência química. Pensar que tudo se resolverá a partir de uma internação ou após algumas consultas médicas é uma armadilha que não poupa a mais sincera tentativa de tratamento. A dependência é um problema que se estruturou aos poucos na vida da pessoa. Muitas vezes, levou anos para aparecer. Muitas coisas foram afetadas: o desempenho escolar, a eficiência no trabalho, a qualidade dos relacionamentos, o apoio da família, a confiança do patrão, Continue lendo

Taxação de refrigerantes: uma das brigas mais ferozes do mundo

Taxação de refrigerantes: uma das brigas mais ferozes do mundo

7 minutos Já sabemos que os efeitos do açúcar no cérebro foram comparados ao mecanismo responsável pelo vício em cocaína e que no corpo atua como uma toxina responsável não só pelas taxas crescentes de diabetes e obesidade, mas também pela incidência cada vez maior de doenças cardíacas, câncer e outras doenças crônicas. Também aprendemos que o refrigerante (com ou sem açúcar) é tão prejudicial para os dentes quanto crack, cocaína e metanfetamina. Não é exagero, portanto, comparar estes produtos com drogas. E nem Continue lendo

Energéticos: benefícios não superam malefícios

Energéticos: benefícios não superam malefícios

3 minutos Pesquisa financiada pelo Instituto Nacional de Saúde nos Estados Unidos (NIH, na sigla em inglês) e publicada no Frontiers in Public Health, advoga que os altos níveis de cafeína e de açúcar das chamadas bebidas energéticas justificam a restrição e exorta autoridades de saúde pública e usuários a olhar mais atentamente para os malefícios que elas representam à saúde. Resultado de uma mistura de açúcar, vitaminas, guaraná, ginseng e cafeína, algumas dessas bebidas possuem mais de oito vezes a quantidade de cafeína Continue lendo

Para quebrar o ciclo do vício

Para quebrar o ciclo do vício

2 minutos Para o doutor Alexandre Augusto de Castro Peleja, psiquiatra do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (CREDEQ), em Goiás, “a dependência química é principalmente um problema de saúde, e ela deve ser tratada como tal. Se a olharmos apenas como problema social, o tratamento fica incompleto. É preciso ter abordagem com médico, psicólogo, assistente social, terapeuta ocupacional e educador físico”. O especialista explica que, além da internação, que dura em média duas semanas, outros processos auxiliam na recuperação do dependente Continue lendo

Porque sempre haverá algum risco

Porque sempre haverá algum risco

3 minutos Alardeado como uma estratégia segura para quem quer parar de fumar, o cigarro eletrônico reúne hoje em torno de si um consenso entre especialistas: ele carrega, sim, substâncias que prejudicam a saúde, portanto o seu uso oferece riscos que incluem problemas cardiovasculares e câncer de pulmão. O primeiro cigarro eletrônico surgiu em 2003, inventado pelo farmacêutico chinês Hon Lik, que depois vendeu sua patente para a Imperial Tobacco, uma multinacional britânica. Ao invés de queimar folhas de tabaco, o dispositivo trabalha com Continue lendo

“Genocídio da Juventude Negra se iniciou no momento do aprisionamento na África”

“Genocídio da Juventude Negra se iniciou no momento do aprisionamento na África”

3 minutos Deise Benedito tem uma longa trajetória no Movimento Negro, notadamente no feminismo negro onde fundou o Geledés – Instituto da Mulher Negra e presidiu a Fala Preta – Organização de Mulheres negras, além de atuar no campo dos Direitos Humanos, onde se especializou em Política Criminal e Penitenciária. Deise é referência nacional nestes temas, com participações em seminários, congressos e conferências, tanto nacionais como internacionais. Em entrevista ao site Iniciativa Negra, ela falou sobre como vê a população negra em privação de liberdade na Continue lendo

Um erro grave

Um erro grave

1 minuto O canabidiol é uma das substâncias químicas presentes na maconha (Cannabis sativa)  e seu uso para o tratamento de algumas doenças já é autorizado inclusive no Brasil (em janeiro a Anvisa aprovou o registro do primeiro medicamento à base da planta no país: o Mevatyl). Mas esta rápida ascensão do canabidiol na indústria farmacêutica não está sendo acompanhada com eficiência pelas agências reguladoras. É o que afirma um estudo realizado por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia, nos EUA. Segundo os cientistas, a Continue lendo

As diferenças entre os gêneros na questão da dependência química

As diferenças entre os gêneros na questão da dependência química

2 minutos Diversas pesquisas apontam que o consumo de álcool entre as mulheres brasileiras tem aumentado, segundo o observatório Cisa (Centro de Informações sobre Saúde e Álcool). De acordo com a Organização Panamericana de Saúde, entre 2011 e 2016 a frequência de episódios de uso abusivo de álcool (BPE – Beber Pesado Episódico) aumentou entre as mulheres de 4,6% para 13%. O último Levantamento Nacional de Álcool e Drogas, feito em 2014, também indica o aumento desse tipo de episódio no Brasil. O problema Continue lendo

Nem a cegonha curte substâncias

Nem a cegonha curte substâncias

2 minutos Muitos casais enfrentam dificuldades para ter filhos. Dados do Centro de Reprodução Humana do IPGO (Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia) informam que 15% da população, em idade reprodutiva, tem problemas para atingir este objetivo. Para o homem, o calor local, a varicocele e o tratamento de câncer são os principais fatores que dificultam a fertilidade. Para as mulheres, a idade e a ovulação irregular são os maiores vilões. Medicamentos, problemas anatômicos, DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) e o estilo de vida são Continue lendo