Cracolândia: Nova York também teve a sua. E conseguiu acabar com ela

Cracolândia: Nova York também teve a sua. E conseguiu acabar com ela

5 minutos Na metade da década de 80, os índices de criminalidade em Nova York atingiam recordes históricos, muitas vezes motivados pelo tráfico de drogas. Numa realidade bem parecida com a dos paulistanos atualmente, há 25 anos uma epidemia de crack assolou a cidade, fazendo surgir regiões em que o medo fazia parte da vida dos moradores locais – a cracolândia made in USA. A cidade mais populosa dos EUA tinha sua cracolândia localizada bem no coração de Manhattan, entre as ruas 40 e Continue lendo

Quanto mais inteligência, menos cigarro

Quanto mais inteligência, menos cigarro

2 minutos De acordo com um estudo realizado pela equipe de pesquisa da Universidade Livre de Amsterdã, na Holanda, a inteligência é hereditária. Os cientistas identificaram 52 genes ligados à inteligência humana, sendo 40 deles inéditos. Publicado na revista científica Nature, o estudo ainda revela que pessoas que tiveram melhor desempenho em testes de QI nunca haviam fumado. Após analisar amostras de cerca de 80.000 pessoas selecionadas a partir do banco de dados biológico do Reino Unido, a equipe identificou como os genes atuavam Continue lendo

Bebês de mulheres dependentes também nascem viciados

Bebês de mulheres dependentes também nascem viciados

2 minutos Um relatório divulgado pela Organização das Nações Unidas (ONU) mostra que, em 2014, os Estados Unidos tinham cerca de 1 milhão de usuários de heroína. O número é quase três vezes maior do que em 2003. Mortes relacionadas a essa droga tiveram aumento de cinco vezes desde 2000. A entidade classificou a situação como epidêmica. Este aumento no número de viciados em heroína e analgésicos de uso restrito nos EUA vem causando um desastre em maternidades do país. Os bebês de mulheres Continue lendo

Conheça a doença do futuro – que já chegou

Conheça a doença do futuro – que já chegou

3 minutos Insônia, ansiedade e depressão. A tecnologia que ajuda a melhorar a vida de milhares de pessoas pode ser também motivo de problemas de saúde e de relacionamento. Há pelo menos 4 anos, especialistas já lidam com o novo transtorno mental: a dependência de tecnologia. Apesar das melhorias que os avanços tecnológicos trouxeram, os sintomas da dependência de tecnologia já são comparados por especialistas aos traços que uma dependência química gera na vida de alguém. A chegada dos smartphones no Brasil, nos anos Continue lendo

Café: herói ou vilão?

Café: herói ou vilão?

4 minutos Basta uma xícara de café para a dor de cabeça desaparecer. O tratamento baseado na mesma substância causou o problema como se um médico gerasse a doença e em seguida oferecesse para curá-la. Não teríamos muita simpatia para com esse profissional, tão logo descobríssemos os seus métodos. Mas é exatamente assim que atua a cafeína e muitas outras substâncias psicoativas como a cocaína, álcool, nicotina e alguns medicamentos. Prometem alívio para o problema que eles mesmos causam. O café não oferece tanta Continue lendo

“O que está acontecendo com a maconha é exatamente o que aconteceu com o cigarro”

“O que está acontecendo com a maconha é exatamente o que aconteceu com o cigarro”

menos de 1 minuto USP Talks é uma iniciativa que nasce do desejo de aproximar a Universidade de São Paulo da sociedade. Organizado pela Pró-Reitorias de Pesquisa da USP, em parceria com o Estadão e apoio da Cásper Líbero, o projeto traz professores renomados da academia para falar sobre temas de grande relevância para a sociedade. No vídeo abaixo, o professor doutor Ronaldo Laranjeira, atualmente professor titular do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP, diretor do  INPAD (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Políticas Continue lendo

Maconha: desconstruindo mitos

Maconha: desconstruindo mitos

4 minutos Em favor da legalização da maconha, muita gente costuma usar o exemplo da Holanda. Mas não é bem assim. A Holanda nunca legalizou a maconha. Em 1976, a lei mudou, mas apenas para descriminalizar o porte de até 30 gramas de maconha para consumo. Nessa época, alguns cafés já vendiam pequenas quantidades da droga, porém de forma ilegal. Em 1980, o Ministério Público determinou que os coffee shops não seriam processados se cumprissem cinco regras básicas (veja ao final deste artigo). A Continue lendo

Crack: evolução do comprometimento e graus de motivação para tratamento

Crack: evolução do comprometimento e graus de motivação para tratamento

5 minutos O crack é obtido a partir da mistura da pasta-base de coca ou cocaína refinada (feita com folhas da planta Erythroxylum coca), com bicarbonato de sódio e água. Quando aquecido a mais de 100º C, o composto passa por um processo de decantação, em que as substâncias líquidas e sólidas são separadas. O resfriamento da porção sólida gera a pedra de crack, que concentra os princípios ativos da cocaína. Segundo o químico e perito criminal da Polícia Federal Adriano Maldaner o nome Continue lendo

As vulnerabilidades na infância e adolescência brasileira

As vulnerabilidades na infância e adolescência brasileira

5 minutos Araceli Cabrera Sánchez Crespo foi uma criança brasileira assassinada violentamente em 18 de maio de 1973 aos 9 anos de idade. Seu corpo foi encontrado desfigurado por ácido e com marcas de extrema violência e abuso sexual. Os autores do crime, pertencentes a famílias influentes do Espírito Santo, jamais foram condenados, mesmo com fortes evidências de que este não foi o primeiro crime da dupla. Posteriormente, a data da morte de Araceli foi transformada no Dia Nacional de Combate ao Abuso e Continue lendo

Dependência virtual, um problema real

Dependência virtual, um problema real

6 minutos Após ficar por quatro anos sem sair de casa por conta do vício em jogos online, a aposentada Helena Ferreira, de 54 anos, ficou internada por quatro meses em uma clínica de Araçoiaba da Serra (SP). “Abandonei família, lazer, abandonei de me cuidar, de fazer as coisas que eu gostava, tipo ir para uma aula de natação”, lembra Helena. O vício começou quando ela aceitou um convite de amigos de uma rede social para disputar um jogo pela internet. Na época, ela Continue lendo