Tabagismo também é dependência quimica

Tempo de leitura: 2 minutos

Aceito durante séculos, o tabagismo é considerado por muitos como um hábito adulto livremente escolhido. Infelizmente, isto não é verdade. 90% dos fumantes sabem que o cigarro faz mal à saúde e 77% deles gostariam de deixar de fumar. Cerca de 65% dos fumantes já tentaram parar e recaíram. Horas após o último cigarro instala-se a síndrome de abstinência, caracterizada por forte vontade de fumar, irritabilidade, ansiedade, dificuldade de concentração, impaciência, inquietação, humor depressivo e fome. Com a supressão da nicotina, a maioria dos sintomas diminui em poucos dias e passa em um mês. Mas a vontade de fumar e a apetência podem continuar por seis meses.

Na verdade todos convivemos com pessoas tentaram e que tentam sem sucesso abandonar o cigarro. O tabagismo é um transtorno de comportamento catalogado no Código Internacional de Doenças com o número 10 (CID 10). Atualmente não é possível abordar a prevenção em dependência química sem enfrentar honesta e objetivamente o problema do tabagismo em nosso país, assim como todos os problemas que envolvem a disseminação e o incentivo ao uso das drogas legais.

As alegrias e a beleza de uma vida limpa não se comparam ao sétimo céu. Na verdade, o sétimo céu opõe-se a nosso novo modo de vida. O sétimo céu é uma fantasia, algo intangível e sabemos muito bem como fazer isso com o primeiro gole, com a primeira dose, com a primeira bola ou com outro cigarro.

Lidar e viver com a realidade é um lugar lindo, não um sonho extravagante. Todo dia pode ser um viagem com Deus, acima da dor, acima do sofrimento, acima do sétimo céu, em direção a um maravilhoso tempo presente.

Aprendi a desfrutar o dia de hoje?

As obras religiosa de Confúcio

A China teve seu grande filósofo, Cung-Fu-Tseu, Confúcio, nascido 551 a.C. Sua genealogia sobe até o céu. Seus avós foram personagens ilustres e seu nascimento se anunciou, segundo a tradição, pela verificação de prodígios. Depois de ter percorrido toda a China em um carro de boi guiado por um dos seus alunos, Confúcio se estabeleceu em uma escola para ensinar o povo a melhorar o cultivo da terra e a criar o seu gado. Acabou com as fraudes dos funcionários, estabelecendo, como alto delegado do Imperador, a ordem antiga e a seriedade nos negócios públicos.

Tenho certeza de que Confúcio era contra os cigarros!

“Que Deus me guie por todas as fases de crescimento para que eu não fique atolado e estagnado em nenhum lugar.”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *